domingo, 22 de fevereiro de 2009

Romantismo



Um romântico, por sua essência, é um apaixonado. É impossível ser diferente. Você pode ser educado, ou charmoso, ou qualquer outra coisa, mas para ser um romântico, você tem de ser apaixonado.

Ninguém vira um romântico, se nasce assim, e às vezes nem se percebe.

Nós agradamos a pessoa amada pelo simples fato dela existir, há um sentimento natural de tentar transformar a vida dela em algo perfeito, de mostrar em nossas ações e palavras o que verdadeiramente sentimos por elas.

É como se a nossa própria vida só fizesse sentido para fazê-la feliz.

É estranho falar sobre isso, pois o romantismo está intimamente ligado ao amor, e por assim ser não pode ser tratado fora dele, e falar sobre o amor é algo que não cabe e meras palavras, logo o romantismo também.


"Chocolates, estes engordam. Flores, estas murcham com o tempo. Livros, estes são meras palavras que um dia ficam esquecidas numa prateleira empoeirada. Jóias, estas são pedras, frias e sem sentimento. Se amas alguém mostra isso com atitudes de dentro do teu ser, pois isso durará para sempre."
R. Neluparf