quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Mundo Atual

Caros leitores, sim eu sei que esse é um blog que só não está em decadência porque nunca ascendeu, mas pretendo mudar isso em breve...
Venho falar-lhes hoje, meio filosoficamente, sobre essa tal de sociedade atual, isso porque estou profundamente irritado, magoado desiludido com muitas coisas que ando vendo por aí, mundo afora.
Atualmente o pensamento morreu, as idéias ou estão sendo tiradas dos antigos, ou copiadas dos que tiraram dos antigos ou simplismente as pessoas não se preocupam mas com isso. Estamos entrando em uma geração de medíocres, onde até a gramática deve ser mudada para simplificar a vida e não termos mais que pensar naquelas pequenas regrinhas que quando bem usadas podem embelezar tanto a nossa língua.
Estamos em um estágio em que o amor resiste em pouquissímos corações, em que declarações e romântismo perderam seu espaço para curtas cantadas. As pessoas temem um relacionamento sério com alguém, pois nesse tipo de relacionamento deve-se aprender a entender o próximo e a si mesmo, e as pessoa estão com medo de conhecer-se, com medo de descobrir que são diferentes do resto daquele grupinho o qual faz parte, e se entregam sem medo nem vergonha a apenas 'momentos' alcançando a alegria e deixando para trás a felicidade.
Estamos em um mundo de desrespeito, ódio, retalhação, e admiramos como se fosse uma utopia quando vemos alguém fazendo um gesto de honestidade sem pedir nada em troca.
Eu lamento por esse mundo, e lamento muito mais pela próxima geração que à de vir ainda, espero que até lá algo seja feito, por enquanto tento fazer a minha parte, tanto aqui como no mundo aí fora.
Sem mais.

Nenhum comentário: