domingo, 19 de outubro de 2008

Ilusões

Novamente aqui para o deleite dos meus inexistentes leitores...
Quero que saibam que não esqueci de que devo uma lista sobre as 10 coisas que eu já fiz na vida e que são/foram importantes para mim, mas hoje o assunto é outro.
Tenho notado com certa freqüência o jogo ilusório em que as pessoas tendêm a cair, na vida profissional, na vida social e na vida amorosa. Iludem-se a respeito das pessoas, do valor que as coisas realmente têm, do sentimento que sentem e do que os outros sentem.
São facilmente levados a acreditar que são superiores ou inferiores a respeito de suas capacidades e idéias, creio isso ser um mal derivado desse mundo virtual onde tenho leitores que não existem, pois aqui nada é o que parece, sempre há a possibilidade de que a verdade seja apenas uma mentira mal contada ou algo assim, sendo assim, as pessoas possuem essa visão distorcida dessa irrealidade, e acabam distorcendo também a sua própria realidade, e acreditando que essa distorção seja real.
É como se você visse uma barra reta, mas para você ela está torta para a esquerda, ou então você a vê reta mas é convencido por outra pessoa que está enganado e que na verdade a barra está torta para a direita. Mas claro tudo isso fora do campo material, no campo dos pensamentos e sentimentos.
Confundir paixão com raiva é normal, amor com paixão também. Por isso a necessidade de se controlar os impulsos em determinados momentos, pois agindo sem pensar a chance de cometer um erro irreverssível é aterradora. As feridas podem fechar, sendo grandes ou não, mas a cicatriz existe para sempre como lembrança do erro e marca de lição que já lhe foi ensinada.
Portanto se isso tudo fez algum sentido para você, viva, mas evite confundir-se, procure sempre encontrar a verdade em você mesmo(a) e nos outros, e se já errou, nuncca se esqueça daquela cicatriz que com certeza ficou com você, a lembrança dela lhe fará sempre enchergar através das Ilusões.

Um comentário:

Carol Isabel disse...

eu tento, mas normalemente me engano com as pessoas e comigo mesma principalmente
[acho que já disse isso antes]